NOTÍCIAS

Formação on-line sobre atendimento inicial no socioeducativo começa na quarta (25/5)
20 DE MAIO DE 2022


O atendimento inicial e integrado a adolescente a quem se atribua a prática de ato infracional será tema de formação on-line promovida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) nos dias 25 a 27 de maio. O evento reunirá palestrantes nacionais e internacionais que abordarão a articulação intersetorial para implantação de Núcleos de Atendimento Integrado (NAI) e prevenção à tortura. Haverá, ainda o lançamento do Manual sobre a Recomendação 87/2021, com diretrizes e procedimentos ao Poder Judiciário para implementação e funcionamento dos Núcleos.

O curso será transmitido pelo canal do CNJ no YouTube e não é necessária inscrição prévia. A confirmação de presença será feita em formulário disponibilizado em cada dia do evento e garantirá certificado emitido pelo Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Servidores do Poder Judiciário. Profissionais do Judiciário, Executivo, Defensoria Pública, Ministério Público e organizações da sociedade civil são o público-alvo da iniciativa.

Confira a programação completa

Os painéis do curso foram divididos em três grupos gerais: Atendimento Inicial e Sistema de Garantia de Direitos; fluxo de atendimento e articulação intersetorial para implantação do NAI e prevenção à tortura e experiências dos NAI. Já o Manual estabelece fluxos interinstitucionais e procedimentos administrativos e judiciais para o pleno funcionamento dos núcleos, já implantados em 12 unidades da Federação.

O evento integra o calendário de formações do programa Fazendo Justiça, executado pelo CNJ em parceria com o Programa das Nações Unidas (Pnud) para superar os desafios estruturais no campo da privação de liberdade no Brasil.

Núcleos

O NAI oferta serviços de maneira holística a adolescentes, integrando os órgãos do Judiciário, Ministério Público, Defensoria Pública, Segurança Pública e Assistência Pública em um só lugar. Esse aparato público está previsto no artigo 88 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e a instalação de unidades e fomento a fluxos de atendimento é uma das 28 ações do Fazendo Justiça.

O atendimento inicial integrado busca preservar a dignidade desses adolescentes por meio do atendimento imediato, intersetorial e individualizado, considerando as particularidades de cada caso. “Os resultados implicam em rapidez na conclusão dos procedimentos judiciais, diminuição da lotação nas unidades de internação devido à racionalização das medidas protetivas aplicadas e facilidade para resolução de questões interinstitucionais como a diminuição com os gastos de deslocamento” explica o supervisor do Departamento de Monitoramento Fiscalização do Sistema Carcerário e do Sistema de Medidas Socioeducativas do CNJ, conselheiro Mauro Pereira, que participará da abertura do evento.

Serviço

Curso de formação – Atendimento inicial integrado no sistema socioeducativo
Quando: de 25 a 27 de maio, das 14h às 18h
Onde: canal do CNJ no YouTube

Isis Capistrano
Agência CNJ de Notícias

Assista à formação pelo canal do CNJ no YouTube

Dia 25/5, às 14h

Dia 26/5, às 14h

Dia 27/5, às 14h

Macrodesafio - Aprimoramento da gestão da Justiça criminal

The post Formação on-line sobre atendimento inicial no socioeducativo começa na quarta (25/5) appeared first on Portal CNJ.

Outras Notícias

Portal CNJ

Sistema de negociação virtual acelera acordos no Judiciário da Bahia
05 de agosto de 2022

Uma cliente da advogada Suane Rocha Salomão contratou um serviço junto a uma operadora de telefonia e o valor do...


Portal CNJ

Cooperação pode ajudar Judiciário a enfrentar volume e complexidade de processos
05 de agosto de 2022

Iniciativas de cooperação judiciária têm ajudado magistrados a lidar com um volume excessivo de processos que se...


Anoreg RS

VFK Educação promove curso de atualização sobre a Lei n. 14.382/2022
05 de agosto de 2022

Associados ao IRIB podem se inscrever com desconto!


Anoreg RS

Migalhas – TRF-3: Não incide IR sobre valores de dívidas recebidas por cartório
05 de agosto de 2022

Colegiado considerou que se mostra indevida a exigência de Imposto de Renda sobre os valores de dívidas recebidas...


Portal CNJ

Cooperação entre tribunais reforça ações de recuperação judicial
05 de agosto de 2022

Os tribunais de três ramos de Justiça de Pernambuco se uniram e preparam um modelo de cooperação judiciária...


Portal CNJ

Oficinas propõem inovação como método para solucionar problemas complexos
04 de agosto de 2022

A palavra “inovação” é frequentemente associada aos avanços da tecnologia. Uma série de eventos promovidos...


Portal CNJ

Programação no segundo semestre celebra 40 anos do Judiciário de Rondônia
04 de agosto de 2022

Inauguração de memorial, exposição histórica no Porto Velho Shopping, lançamento de livro e um Prêmio de...


Portal CNJ

PE: Justiça Eleitoral lança coleção digital de documentos históricos
04 de agosto de 2022

Em um trabalho contínuo e articulado de difusão da memória institucional e do processo eleitoral, o Tribunal...


Anoreg RS

CNJ recomenda aos registradores civis a promoção do registro de nascimento e de natimorto, mesmo que os pais não apresentem CPF
04 de agosto de 2022

RECOMENDAÇÃO N. 50, DE  18 DE JULHO DE 2022 Dispõe sobre a prevalência do direito fundamental ao nome sobre...


Portal CNJ

Sergipe debate melhorias para processos judiciais sobre infância e juventude
04 de agosto de 2022

A Coordenadoria da Infância e Juventude do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE) promoveu encontro com...