NOTÍCIAS

Papel da máquina de escrever no Judiciário é ressaltado pelo TRT8
13 DE MAIO DE 2022


Por longos anos, a máquina de escrever contribuiu na efetiva entrega da prestação jurisdicional à sociedade brasileira. E essa contribuição foi destacada pelo Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região (TRT8) para celebrar o Dia da Memória do Poder Judiciário, no dia 10 de maio.

O Memorial TRT8 “Juiz Arthur Francisco Seixas dos Anjos” possui em seu acervo duas máquinas de escrever. Uma foi doada em 2004 pelo ministro Orlando Costa. A segunda pertencia ao antigo museu do TRT8 e, posteriormente, foi doada para o Memorial. São relíquias memoráveis, que foram de grande valia para a Justiça do Trabalho.

A máquina de escrever – também denominada máquina datilográfica ou máquina de datilografia – se caracteriza por ser um equipamento mecânico com caracteres estruturais, como teclas, que, quando pressionadas, proporcionam a impressão de letras, números e símbolos no papel. As primeiras máquinas de escrever surgiram na segunda metade do século XIX e eram manuais e com teclas.

Posteriormente, surgiram as eletromecânicas, para diminuir o esforço e dar maior agilidade na escrita. E, então, surgiram as eletrônicas, capazes de alcançar maior velocidade e melhor qualidade de impressão, além da possibilidade de correção dos erros com fitas corretivas.

A máquina de escrever se difundiu largamente com a expansão do setor comercial e de serviços, bem como nas repartições públicas, nos bancos e escritórios, pela necessidade de uma maior rapidez e uniformidade da escrita, contribuindo para o desenvolvimento econômico e social. Mas já no fim do século XX se tornou rara sua utilização, sendo substituída pelo computador, que, com processadores de texto, possibilitam efetuar o mesmo trabalho de modo mais eficiente e rápido.

O equipamento ainda é comum em algumas partes do mundo, pois é necessária para situações específicas. E continua popular em certas culturas, além de útil nos dias atuais, quando há falta de eletricidade, substituindo o computador ou o notebook.

Fonte: TRT8

Macrodesafio - Fortalecimento da relação interinstitucional do Judiciário com a sociedade

The post Papel da máquina de escrever no Judiciário é ressaltado pelo TRT8 appeared first on Portal CNJ.

Outras Notícias

Anoreg RS

Artigo: Dignidade póstuma para as pessoas trans – Por Bruna Benevides, Inês Virgínia P. Soares e Victória Dandara
29 de junho de 2022

A sentença determinou a retificação do nome e do gênero de Samantha, uma jovem transexual que havia iniciado o...


Anoreg RS

Governo entrega primeiras carteiras de identidade nacional
29 de junho de 2022

O presidente Jair Bolsonaro participa de cerimônia de emissão das novas carteiras de identidade nacional nos...


Anoreg RS

Artigo – Oficina notarial e registral: Arrematação inválida – Registro consumado – Pedido de devolução de emolumentos
29 de junho de 2022

Além disso, e mais importante, o Oficial de Registro, neste caso,  figuraria como parte, legitimando-se para se...


Anoreg RS

Desembargador suspende efeitos de decisão que determinou penhora de ativos financeiros mesmo com dívida já garantida
29 de junho de 2022

Contudo, o juízo singular atendendo a pedido do exequente, determinou a penhorara eletrônica de valores em contas...


Portal CNJ

Link CNJ discute despesas com vítima de violência doméstica no INSS
29 de junho de 2022

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) estabeleceu termo de cooperação com o Instituto Nacional do Seguro Social...


Portal CNJ

Fórum da comarca de Floriano (PI) inaugura sala de depoimento especial
29 de junho de 2022

A Corregedoria Geral do Tribunal de Justiça do Piauí (TJPI) vem instalando salas de depoimento especial em todo o...


Portal CNJ

RR: Tribunal adota audiências concentradas para reavaliar medidas socioeducativas
29 de junho de 2022

O Tribunal de Justiça de Roraima (TJRR) vai realizar audiências concentradas para reavaliação das medidas...


Portal CNJ

Ciclo de Debates sobre políticas sociais analisa direitos de pessoas autistas
29 de junho de 2022

A realidade das pessoas com Transtorno do Espectro Autista e as implicações para a tutela de direitos pelo...


Portal CNJ

Datajud: Justiça em Números e produtividade serão alimentados automaticamente
29 de junho de 2022

A partir de julho, os tribunais não precisarão mais fazer a alimentação manual no banco de dados dos sistemas do...


Portal CNJ

Tribunais concluem integração à Plataforma Digital do Judiciário nesta quinta-feira (30/6)
29 de junho de 2022

Tribunais que já integraram seus sistemas de gestão de processos judiciais à Plataforma Digital do Poder...