NOTÍCIAS

Seminário destaca o papel da tecnologia no fortalecimento das democracias
29 DE JUNHO DE 2022


A importância das ferramentas tecnológicas para o fortalecimento e a consolidação da democracia foi destacada pelo secretário-geral do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Valter Shuenquener, no encerramento do “Seminário Internacional Brasil-União Europeia – Intercâmbio de experiências em e-Justice”, realizado na terça-feira (28/6). Durante o evento, especialista brasileiros e europeus debateram a digitalização da Justiça e trocaram experiências envolvendo o uso de ferramentas tecnológicas e inovadoras para a sustentabilidade, para a proteção ao meio ambiente e para a garantia dos direitos humanos e suas aplicações no sistema penitenciário.

“Não existe democracia com a utilização da tecnologia de maneira opaca, de uma maneira que impeça o amplo debate de questões que são cruciais para o desenvolvimento da humanidade.” Shuenquener destacou o momento de transformação do mundo físico para o mundo virtual e observou que transição produz vantagens e benefícios, mas também desafios.

Ao citar os investimentos em tecnologia realizados pelo Poder Judiciário, principalmente pelo Programa Justiça 4.0, ele destacou que o encontro possibilitou o intercâmbio de conhecimentos e realização de debates de maneira vertical e aprofundados. “Discutimos, por exemplo, como será a tutela dos direitos fundamentais no futuro diante da possibilidade do indesejado viés discriminatório provocado, eventualmente, pelo uso indevido da inteligência artificial. São temas da maior relevância tanto para o Poder Judiciário brasileiro, quanto para a União Europeia.”

O secretário-geral afirmou que o Brasil está na vanguarda do mundo em matéria de investimento em tecnologia no âmbito do Poder Judiciário e lembrou que o país contabiliza mais de 75 milhões de processos em tramitação. “Isso é uma anomalia. Mas como enfrentamos isso diante desse contexto e da dimensão continental do país, que dificulta o deslocamento? Esse cenário nos levou a buscar o uso da tecnologia e da virtualização, o que eleva a importância desse debate”, pontuou.

Leia também: Fux: Justiça Digital voltada aos cidadãos une experiências do Brasil e da União Europeia

De acordo com Shuenquener, a discussão em torno dos investimentos em tecnologia e inteligência artificial por parte do Estado já chegou à academia, preocupada com o controle das dificuldades inerentes à opacidade do algoritmo. “Esse panorama amplia a relevância do programa Diálogos Setoriais e nos leva a agradecer à União Europeia por nos proporcionar um debate com um inigualável nível de excelência, tanto em termos institucionais quanto técnicos.”

Para a chefe da Seção Política, Econômica e de Informação da Delegação Europeia para o Brasil, Domenica Bumma, os debates que se desenvolveram no seminário revelaram que a aplicação da tecnologia pode ser vital para o desenvolvimento positivo de políticas públicas para a sociedade. “Os valores compartilhados nesse encontro mostram que o Poder Judiciário brasileiro desempenha papel fundamental para concretização dos direitos humanos e recorre à tecnologia para torná-los efetivos”, afirmou.

Bumma observou que as discussões mostraram a profundidade e a abrangência da parceria entre o CNJ a União Europeia. Ela destacou que os debates trataram da importância da tecnologia e como ela é vital para o desenvolvimento da sociedade, mas sem ignorar que ela pode levar a fenômenos não necessariamente positivos, como fake news e desinformação. “Isso nos leva a abordar o aspecto ético que envolve a aplicação da tecnologia, valor compartilhados entre a União Europeia e o Poder Judiciário brasileiro”, finalizou.

Texto: Jeferson Melo
Edição: Thaís Cieglinski
Agência CNJ de Notícias

Reveja o evento no canal do CNJ no YouTube

Veja mais fotos do período da manhã do evento no Flickr do CNJ
(use as setas à esquerda e à direita para navegar e clique na foto para a acessar em diferentes resoluções)

28-06-2022 Seminário Internacional Brasil-União Europeia – Intercâmbio de experiências em e-Justice (Tarde)

Macrodesafio - Fortalecimento da estratégia nacional de TIC e de proteção de dados

The post Seminário destaca o papel da tecnologia no fortalecimento das democracias appeared first on Portal CNJ.

Outras Notícias

Notícias

Campanha do Agasalho 2022
16 de maio de 2022

A partilha de bens tá diferente!


Notícias

O que você faz em 07 minutos?
09 de junho de 2021

Quando falamos que agilidade e eficiência definem nosso time, o assunto é sério…


Portal CNJ

Tribunal Eleitoral de Mato Grosso prepara auditoria da votação eletrônica
07 de agosto de 2022

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) iniciou, na quarta-feira (3/8), os preparativos para a...


Portal CNJ

Justiça Itinerante intensifica ações nos 200 anos do Tribunal pernambucano
07 de agosto de 2022

Em comemoração ao aniversário dos 200 anos do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), a agenda do Justiça...


Portal CNJ

PJe 2.x: Justiça Federal da 5ª Região capacita advogados e procuradores
07 de agosto de 2022

Profissionais da advocacia e da procuradoria pública que atuam nos Juizados Especiais Federais do Tribunal Regional...


Portal CNJ

Tânia Reckziegel: “Ouvidoria deve ser local mais importante do Judiciário”
07 de agosto de 2022

A Ouvidoria deve ser o local mais importante do Poder Judiciário, um elo com a sociedade. A opinião é da ouvidora...


Portal CNJ

Judiciário do Maranhão cria Núcleo para atender vítimas de crimes
07 de agosto de 2022

Com o objetivo de acolher e atender de forma humanizada às vítimas de crimes e atos infracionais no sistema de...


Portal CNJ

Rede Nordeste de Núcleos de Cooperação é lançada com 28 tribunais
05 de agosto de 2022

Em ação inédita, 28 tribunais se reuniram para formar a Rede Nordeste de Núcleos de Cooperação, uma iniciativa...


Portal CNJ

Novas funcionalidades do Sirenejud serão lançadas nesta terça-feira (9/8)
05 de agosto de 2022

Duas novas funcionalidades do painel interativo Sirenejud serão lançadas na próxima terça-feira (9/8) pelo...


Anoreg RS

Presidente da Anoreg/RS participa da I Jornada de Direito Notarial e Registral
05 de agosto de 2022

A I Jornada de Direito Notarial e Registral é uma realização do CJF, por intermédio do Centro de Estudos...