NOTÍCIAS

Papel da máquina de escrever no Judiciário é ressaltado pelo TRT8
13 DE MAIO DE 2022


Por longos anos, a máquina de escrever contribuiu na efetiva entrega da prestação jurisdicional à sociedade brasileira. E essa contribuição foi destacada pelo Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região (TRT8) para celebrar o Dia da Memória do Poder Judiciário, no dia 10 de maio.

O Memorial TRT8 “Juiz Arthur Francisco Seixas dos Anjos” possui em seu acervo duas máquinas de escrever. Uma foi doada em 2004 pelo ministro Orlando Costa. A segunda pertencia ao antigo museu do TRT8 e, posteriormente, foi doada para o Memorial. São relíquias memoráveis, que foram de grande valia para a Justiça do Trabalho.

A máquina de escrever – também denominada máquina datilográfica ou máquina de datilografia – se caracteriza por ser um equipamento mecânico com caracteres estruturais, como teclas, que, quando pressionadas, proporcionam a impressão de letras, números e símbolos no papel. As primeiras máquinas de escrever surgiram na segunda metade do século XIX e eram manuais e com teclas.

Posteriormente, surgiram as eletromecânicas, para diminuir o esforço e dar maior agilidade na escrita. E, então, surgiram as eletrônicas, capazes de alcançar maior velocidade e melhor qualidade de impressão, além da possibilidade de correção dos erros com fitas corretivas.

A máquina de escrever se difundiu largamente com a expansão do setor comercial e de serviços, bem como nas repartições públicas, nos bancos e escritórios, pela necessidade de uma maior rapidez e uniformidade da escrita, contribuindo para o desenvolvimento econômico e social. Mas já no fim do século XX se tornou rara sua utilização, sendo substituída pelo computador, que, com processadores de texto, possibilitam efetuar o mesmo trabalho de modo mais eficiente e rápido.

O equipamento ainda é comum em algumas partes do mundo, pois é necessária para situações específicas. E continua popular em certas culturas, além de útil nos dias atuais, quando há falta de eletricidade, substituindo o computador ou o notebook.

Fonte: TRT8

Macrodesafio - Fortalecimento da relação interinstitucional do Judiciário com a sociedade

The post Papel da máquina de escrever no Judiciário é ressaltado pelo TRT8 appeared first on Portal CNJ.

Outras Notícias

Portal CNJ

Dados geográficos e processuais aceleram ações judiciais em Rondônia
04 de agosto de 2022

Mapear áreas específicas e cruzar os dados geográficos aos respectivos processos judiciais referentes às...


Anoreg RS

Comissão aprova projeto que reformula Lei dos Cartórios e cria conselho nacional de notários
04 de agosto de 2022

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados aprovou proposta que...


Anoreg RS

Mudar de sobrenome após o divórcio. Por onde começar?
04 de agosto de 2022

Trocar de sobrenome não é obrigatório. Entenda mais os detalhes.


Anoreg RS

J.Lo ou J.Aff? Por que adotar o sobrenome do marido?
04 de agosto de 2022

Assim como a estrela pop, maioria das mulheres muda o nome ao se casar. Mas a tradição perde fôlego a cada nova...


Anoreg RS

Inseminação caseira para engravidar: por que a prática cresce no Brasil e quais os riscos envolvidos
04 de agosto de 2022

A inseminação caseira é uma forma de engravidar sem sexo ou ajuda de médicos.


Anoreg RS

Portaria Detran/RS n.º 267/2022 – Divulga o resultado final do processo de credenciamento de Posto de Atendimento de CRVA no município de Sinimbu
04 de agosto de 2022

Divulgar o resultado final do processo de credenciamento de Posto de Atendimento de Centro de Registro de Veículos...


Portal CNJ

Para especialistas, ampliação da cooperação judiciária otimiza prestação jurisdicional
04 de agosto de 2022

Desburocratizar o processo judicial, garantir eficiência, isonomia e segurança jurídica. Esses são alguns dos...


Portal CNJ

Justiça Militar paulista passa a emitir on-line certidões cíveis de 1ª instância
04 de agosto de 2022

O Tribunal de Justiça Militar de São Paulo (TJMSP) lançou um novo serviço digital. Agora, as pessoas podem...


Portal CNJ

Mutirão no Rio de Janeiro (RJ) beneficia população em situação de rua
04 de agosto de 2022

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) iniciou, nessa quarta-feira (3/8), o primeiro Mutirão PopRuaJud...


Portal CNJ

CNJ conhece atendimento de crianças e adolescentes imigrantes em Roraima
04 de agosto de 2022

Com a constante migração de venezuelanos e venezuelanas em busca de refúgio no Brasil, uma equipe do Conselho...